sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Ligação

Na calçada, sentada.
Fitando uma leve folha cai suavemente de sua arvore rumo ao chão gélido.
Um motociclista passa veloz neste instante. Mais á frente um bêbado ambulante desmaia no meio do asfalto duro e sujo. A sujeira não o incomoda, somente o fato de querer dormir.
O motociclista desvia com astucia, e chinga o homem ali deitado.
A folha termina seu percourso ate o solo e depois é levada por uma leve brisa de outono.
Na calçada, ainda sentada.
Percebo enfim um senhor juntando a pouca força que ainda o resta para se levantar e seguir seu rumo, rumo ao seu lar.
Perco-me em meus pensamentos, enquanto levanto e sigo para minha própria casa. Será que
se aquela pequena folha não tivesse caido, o motociclista não passaria por aquela rua e consequentemente não precisaria desviar do bêbado deitado no asfalto, ou seria mera coincidencia?! Estariamos todos envolvidos de algumas forma?
Ou Talvez eu esteja assistindo muito a televisão!


(Jessy Beraldo)

2 comentários:

Mateus Araujo disse...

medo.

shuahuahs

Quem sabe se eu não tivesse tocado vibrafone hoje se eu não estaria aqui comentando neste exato momento sua escrita?! quem garante? XD

poderia estar dormindo essas horas..
bom falar nisso
boa noite
;)

Leonardo A. Margini disse...

A teoria do caos funciona ao acaso :]